• 0
  • 0
  • 0
mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje3
mod_vvisit_counterOntem254
mod_vvisit_counterEsse mês11458
mod_vvisit_counterMês passado49233
mod_vvisit_counterTotal de visitas463131

Seur IP: 54.227.67.175
Nós temos 1 visitante online

O que saber sobre Trombose Venosa Profunda (TVP)

Trombose Venosa Profunda

O que é Trombose Venosa ?

É uma doença causada pela coagulação do sangue dentro das veias com a formação de um trombo. É mais freqüente ocorrer nas veias das pernas e coxas, provocando uma reação inflamatória do vaso. Uma vez formados os trombos (sangue coagulado) nesses locais, eles podem migrar e ir até os pulmões levando ao tão temido tromboembolismo pulmonar, que felizmente é raro.

O que causa a Trombose Venosa?

A causa da Trombose Venosa está relacionada a três fatores:

Estase venosa:

Situações em que há diminuição da velocidade da circulação do sangue. Por exemplo: pessoas acamadas, cirurgias prolongadas, posição sentada por muito tempo (viagens longas em espaços reduzidos – avião, ônibus)

Lesão do vaso:

O vaso sanguíneo normal possui paredes internas lisas por onde o sangue passa sem coagular (como uma mangueira por onde flui a água). Lesões, rupturas na parede interna do vaso propiciam a formação de trombos, como por exemplo, em traumas, infecções, medicações endovenosas.

Hipercoagulabilidade:

Situações em que o sangue fica mais suscetível á formação de coágulos espontâneos, como por exemplo, tumores, gravidez, uso de anticoncepcionais, diabete, doenças do sangue.

Que tipos de trombose existem nas veias da perna?

Quando a Trombose Venosa ocorre nas veias superficiais da perna é chamada de Trombose Venosa Superficial , esse tipo de trombose é muito freqüente em pacientes portadores de varizes nos membros inferiores. É fácil de ser notada, pois ocorre vermelhidão, endurecimento e dor local sendo a maioria de fácil tratamento. Quando a trombose ocorre nas veias profundas das pernas, aquelas que ficam nos músculos, chamamos de Trombose Venosa Profunda , na maioria das vezes, não é facilmente diagnosticada, sendo que em 50% dos casos não apresenta sinais e sintomas característicos.

Quais são os sintomas da Trombose?

Os sintomas mais freqüentes da Trombose Venosa Profunda são:

Dor intensa, inchaço e endurecimento do músculo da perna com aumento de temperatura.

Por que as pessoas desenvolvem a Trombose?

Determinadas pessoas possuem fatores de risco genético, que são as Trombofilias . Existem também fatores externos que desencadeiam Trombose:

Idade (maior de 40 anos); obesidade, indivíduos que já tiveram trombose, imobilização

( indivíduos confinados na cama, em casa ou no hospital por alguma doença); câncer, insuficiência cardíaca, infarto do miocárdio, gravidez, uso de anticoncepcional, infecção e doenças que causam alterações da coagulação (de causa genética ou adquirida).

Além disso, as cirurgias são consideradas um dos fatores mais importantes quando as de grande porte e de longa duração(ex.: cirurgias ortopédicas e abdominais).

Como se faz o diagnóstico da Trombose?

O exame clínico pode ser pouco característico em quase 50% no diagnóstico. Hoje, com o Duplex Scan Venoso e um experiente examinador é possível um diagnóstico seguro da Trombose Venosa Profunda, e nos casos em que há dúvida, a Flebografia, apesar de ser um exame invasivo, fecha o diagnóstico.

Como a Trombose pode ser evitada ?

A prevenção da Trombose pode ser feita com métodos farmacológicos, através de um fármaco injetável chamado heparina nos casos de médio e alto risco. E o uso de métodos físicos como levantando e andando precocemente após as cirurgias, movimentando as pernas, elevando os membros inferiores dos pacientes durante o período que estiver acamado e finalmente o uso de uma meia elástica anti-trombo de cor branca sem ponteira, ¾ ou 7/8 , com 18-23 mmHg no tornozelo. Estes métodos são indicados ao pacientes dependendo do risco de desenvolver Trombose Venosa.

Como se trata a Trombose?

O tratamento mais indicado é o uso de anticoagulante injetável, conhecido como heparina, que pode ser endovenoso ou subcutâneo numa fase inicial no hospital. Após 7 a 10 dias, o paciente inicia o uso de anticoagulante oral por um período de 3 a 6 meses. O repouso é muito importante na fase inicial para combater o edema. A fisioterapia deve ser iniciada com o paciente anticoagulado, para melhorar o retorno venoso e combater o edema ou inchaço. Para o paciente retornar as atividades, deve-se indicar uma meia elástica, ¾ ou 7/8, com uma compressão de 30-40 mmHg, para impedir o edema e melhorar o fluxo venoso na perna.

 

 

Comentários  

 
+18 #5 RE: O que saber sobre Trombose Venosa Profunda (TVP)claudio 28-06-2011 20:51
ola tenho 38 anos e tive tranbose a um ano apos uma cirugia no joelho tomo marevan e minhas pernas estao cada ves mais preta gostaria de saber se ten algum remedio q posso tomar ou algum exercicio agardo resposta muito obrigado
Citar
 
 
+33 #4 TromboseAna Lucia C.Simao 08-03-2011 19:36
Olá Dr. Marcondes.
Estou em uso de COUMANDIN 5MG, sofri uma trombose há dois meses, após uma cirurgia. Uso constantemente as meias, mas mesmo assim continuo a sentir dores. Existe algum outro tratamento para a trombose? As caminhadas realmente ajudam? Posso fazer musculação?
Citar
 
 
+6 #3 RE: O que saber sobre Trombose Venosa Profunda (TVP)Marcondes 06-03-2011 17:35
Citando Ana Lucia C.Simao:
Olá Dr Marcondes.
Gostaria de saber se as caminhadas ou outra atividade física devem ser feitas com as meias. Depois de quanto tempo após diagnosticado da TVP devo fazer outro exame de duplex.

Ana Lucia,


A caminhada ou outra atividade pode ser feita com ou sem meia , voce tem uma ou outra opção, voce decide ! Na verdade é o que for mais confortavel para voce. Após a trombose voce pode repetir o Duplex 3 meses depois.


Atenciosamente
Marcondes
Citar
 
 
+2 #2 RE: O que saber sobre Trombose Venosa Profunda (TVP)Marcondes 20-02-2011 23:42
Citando Gleice:
Tenho 34 anos e tive trombose venosa profunda em julho de 2008,fiz tratamento com heparina durande 2 anos.Hoje ñ uso mais o medicamento mas ñ fico sem a meia elástica,e mesmo assim ainda sinto dores e enchasos em pequenas atividades.Tenho sempre q colocar a perna pra cima pra melhorar o encomodo,Muitos dizem:nossa mas vc é tão nova.Sou prova q trombose ñ tem idade, tive com 31 anos.

Gleice,
A trombose pode dar até em criança, apesar de ser muito rara na infancia, mas lembre-se seria interessante voce fazer uma atividade fisica e a meia elastica usada diariamente deve ser trocada a cada 4 meses.
Marcondes Figueiredo
Citar
 
 
+3 #1 RE: O que saber sobre Trombose Venosa Profunda (TVP)Marcondes 19-02-2011 05:30
Citando ivonetede l s:
eu tenho tranbose dois ano e nao melhoro tomo medicamento direto e a tranbose venosa profuda tenho quarenta e oito anos gostaria de saber se nao tem cura se nao tem algo mais rapido que de resultado um tratamento mais rapido eu usso a meia direto so tiro para dormir e ainda tenho uma filha especial e nao e nada fasio de lidar com ela obrigada por dar essa chanse de comenta?. so gataria de uma resposta..

Ivonete,


A Trombose venosa profunda, infelizmente, é uma patologia cronica e não tem cura. Para algumas pessoas ela melhora bastante, pois praticam atividade fisica regularmente (hidroginastica , caminhada, por exemplo), usam meias elasticas , não engordam, tomar alguma medicação pra ajudar no edema como o Daflon e visitar o seu medico angiologista regularmanente. Tenho certeza se voce cuidar bem , voce irá melhorar.
Abraços. Marcondes Figueiredo.
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar